Entrevistas

Mais Entrevistas


Veja Todos

Inicial Entrevistas Baixonatural Entrevista Jorge Aílton (Lulu Santos)


Baixonatural Entrevista Jorge Aílton (Lulu Santos)

Por Ariel Andrade

Jorge Aílton (cantor, compositor e baixista), começou sua carreira muito cedo e como é comum com a maioria dos músicos, passeou por diversos instrumentos até encontrar seu fiel companheiro contrabaixo. Baixista de mão cheia, vindo da escola do groove e do swing, Jorge já acompanhou diversos nomes importantes da música brasileira, tais como Sandra de Sá, Mart'nália, Zé Ricardo e Paula Toller, também é dono de uma carreira solo que já apresenta 2 discos, o Ano 1 e o Canções em ritmo jovem. Desde 2010 o músico tem a honra de acompanhar o maior nome do pop-rock nacional, Lulu Santos. E foi nos bastidores de um desses shows que gentilmente Jorge Aílton recebeu o Baixonatural.com para um bate-papo pra lá de informal que você confere a seguir.

BN. Você já trabalhou com alguns grandes nomes da música brasileira. O que um baixista deve fazer ou evitar para se tornar um sideman de sucesso?

- Eu sempre falo, que sou um baixista de música pop, estudei música a vida inteira, fiz conservatório, fiz aula particular com vários baixistas, inclusive tive aula com o Adriano Giffoni, André Neiva, André Rodrigues entre outros baixistas top com o Arthur Maia e tal. A coisa do baixista, eu acho que depende do objetivo, eu sempre fui um cara que gostei de música pop, ouvi os grandes mestre do contrabaixo do jazz e etc, mas eu gosto muito de música pop, como David Bowie, Michael Jackson, Stevie Wonder, música pop em geral, então eu acho que se o objetivo do cara é acompanhar artistas ele tem que gostar disso, ter prazer em acompanhar, muita das vezes a música não te dá oportunidade para você ter um grande destaque, o seu destaque vai ser cumprir aquele seu papel bem feito, mas eu acho que é gostar disso, gostar de acompanhar, gostar de cumprir o papel do baixo, que é unir a batera e a harmonia, fazer esse meio de campo aí. Então se o cara tiver prazer em fazer isso eu acho que já é o primeiro passo, gostar de ouvir o que ele vai tocar, por que as vezes o cara escuta e estuda um montão de coisa de jazz e de instrumental e pra aplicar isso nos trabalhos que estão disponíveis é muito difícil ou quando se aplica fica uma coisa fora de contexto, então eu acho que é basicamente isso, gostar do que faz, ouvir o que você vai tocar e estar seguro naquele estilo de música que você vai tocar, eu acho que já é um grande passo para você trabalhar bastante.

BN. E como é que surgiu esse convite pra trabalhar com o Lulu Santos?

- Bom, foi um longo caminho, eu acredito que as coisas acontecem gradativamente, eu tive por muitos anos uma banda de Funk chamada Funk U, eu era compositor e cantava algumas músicas na banda, dessa banda o Zé Ricardo que hoje é um dos diretores do Rock in Rio, lá do palco sunset, e a Sandra de sá, me viram, e me chamaram pra tocar com eles ao mesmo tempo, eles eram parceiros, faziam muita música juntos, aí eu comecei a tocar com o Zé Ricardo e com a Sandra de Sá, com a Sandra eu fiquei 6 anos. Tocando com o Zé Ricardo lá no Rio, em um show super vazio, tava o Mêmê, e ele chegou pra mim e disse "po gostei do seu baixo, da sua onda, eu não te conhecia, me dá seu telefone que eu vou te chamar pra gravar algumas coisas", nisso passaram-se muitos meses e no fim deste ano de 2002, ele me ligou e falou "Olha cara, tenho uma gravação aqui amanhã com o Lulu Santos, você pode vir? Ele tá querendo ouvir gente nova, eu falei de você." Quando eu cheguei estava só o Mêmê, o Lulu chegou e eu gravei "Já é" e o baixo é super marcante, música de discoteca e foi engraçado por que o Lulu falou "Mêmê, vou mudar os planos, vamos gravar essa música aqui eu acabei de fazer", aí eu já gravei, ele gostou e mostrou pra gravadora na época e a música virou tema de novela, isso antes do disco ficar pronto, foi engraçado por que o André Rodrigues ainda era da banda, eu fui convidado pra gravar e gravei essa música só, mas é a única música desse disco que ele toca até hoje no show, e também é a música que estourou desse disco. Foi isso, gravei essa música e fui embora, tocava com a Sandra de Sá, nunca mais o vi, tudo normal, aí toquei um tempo com o Toni Garrido e com a Mart'nália, eu tava em turnê com a Paula Toller, aí o Lulu mandou me chamar pra gravar uma música parecida com já é pois ele achava que essa era a minha onda, e dessa faixa eu acabei gravando o disco inteiro, chamado Singular, disco que em alguns anos com certeza se tornará um clássico por ser um disco diferente do Lulu, um disco que possui inclusive vários sambas/pop, aí eu entrei pra banda, na primeira ou segunda semana de ensaio ele chegou e falou que estava abortando o Singular e que não ia ter turnê dele e que ele estava abandonando esse disco, e disse "nós vamos fazer o Acústico Mtv 2" e aí eu também estava lançando o meu primeiro disco solo, o ano 1 como cantor e tal, mas aí ele me convidou para participar desse dvd e desde então eu estou na banda, já se vão 6 anos. E são 6 anos muito felizes.

BN. E pegando esse gancho, vi que você tem alguns trabalhos solos lançados...

- Isso, lancei em 2010 o Ano 1 e em 2013 o Canções em rítmo jovem, o engraçado é que como eu digo que sou Cantor, compositor e baixista não necessariamente neste ordem, eu estudava baixo mas meu maior objetivo sempre foi ser cantor e eu tinha uma banda, e achava que naquela época minha banda iria assinar contrato com gravadora, que minhas músicas iriam tocar na rádio etc, e nessa carreira solo eu estou dando vazão a este lado também, com o lançamentos destes 2 discos, e inclusive estou começando agora a gravar um disco novo, muito no início, período de pré-produção ainda, mas pela velocidade das coisas hoje em dia, eu devo estar lançando ele ano que vem.

BN. E neles você canta e toca?

- Sim tanto nas gravações quanto ao vivo, por que se eu fosse chamar um amigo baixista eu ficar enchendo o saco dele pra ele tocar do jeito que eu toco então é melhor eu tocar logo. Muita gente acha que é algo muito complexo mas pra mim não é, eu tenho uma fórmula que primeiro eu aprendo a música no baixo e só depois eu canto, se eu fizer isso é tranquilo, fica meio que no automático.

BN. E pra conciliar esse teu trabalho solo com o Lulu?

- A minha carreira solo é tranquila, consegui fazer alguns shows bacanas e rodar um pouco com ela mas ainda é muito pequena, não tem competição com o Lulu, eu faço geralmente nos intervalos dele e aí rola tranquilo.

BN. Esse trabalho é na mesma linha Pop?

- Bom, o estilo que mais ouvi na vida foi o Soul, o R&B, então mesmo que eu tente fugir completamente deste estilo acaba soando assim. Eu tive essa banda de Soul por 10 anos e quando acabou eu queria me desligar completamente disso, não queria que as pessoas ouvissem meu trabalho e pensassem que era um outro cd da banda, então cai um pouco pro Rock, inspirado pelo Lenny Kravitz que faz um som que mistura Rock e Soul, mas mesmo assim acabou soando um disco bem mais pro Soul do que pro Rock. O segundo disco já é um disco mais pop e esse terceiro que está por vir será declaradamente de R&B inclusive com uma pegada um pouco mais eletrônica.

BN. E o Lulu por ser também instrumentista, um colecionador de guitarras, ele te exige algum tipo de timbre ou instrumento específico? Ou ele te deixa mais livre?

- Ele deixa livre, até mesmo no estúdio, ele te deixa completamente livre, se você for por um caminho que ele não esteja gostando, ele faz você voltar e encaixar. Mas assim, ele gosta que você proponha, que você chegue tocando a sua onda, faça do seu jeito, inclusive na questão de arranjos ele age do mesmo jeito, claro que às vezes ele chega com algo pré-determinado mas na maioria das vezes ele gosta que você crie junto com ele. Ele apresenta a música na guitarra e você sai tocando junto, ele sempre quer que seja o mais natural possível, que seja a sua música junto com a dele, é o que ele gosta de fazer, às vezes ele tem algumas frases na cabeça e tal, mas geralmente ele gosta que você faça, eu particularmente gosto de baixo de 4 cordas e também de instrumentos clássicos. No show uso um Hofner, um Rickenbacker, um precision Fender com cordas flat e um Music Man. O Music Man eu uso pra tocar as músicas mais de discoteca, o Rick para as com pegada mais rock, o Fender pra tocar as músicas mais clássicas e o Hofner eu uso quando ele usa a guitarra de 12 cordas, por que aí eu acho que combina o timbre. Ele gosta dessa minúcia, mas é claro que a estrutura dele é uma estrutura muito grande que permite que você faça essas escolhas, mas tem outros trabalhos que o peso é um problema e não é que perca qualidade mas impossibilita da gente levar mais material. Eu geralmente vejo qual guitarra ele vai usar e tento combinar com o timbre específico de algum desses instrumentos clássicos.

Mais sobre Jorge aílton: http://www.jorgeailton.com.br/

Curtiu?? Compartilhe e junte-se a nós no Facebook, Instagram, Twitter e Youtube. No Snapchat siga Baixonatural.


Comentários

31 MAI 14h33
Guilherme Sobreira

Poxa, e o setup dele??? Faltou essa informação pra galera!!!


08 AGO 17h52
d2u8NVeynIQk

Picnik es uno de los mejores editores de imágenes online, de hecho por algo ha sido ineul&iacutc;do en su momento por Yahoo! para usar como herramienta de edición en Flickr, y luego ha sido adquirido por Google. Pero el problema de este o de cualquier editor online es el de tener que subir allí, en forma manual, la imagen con la cual queremos trabajar.


08 AGO 21h06
hPYzqhbe

Hey, kiellr job on that one you guys!


09 AGO 09h34
pDTjlBWb6U

Boom shaklaaka boom boom, problem solved. http://dbwzapewj.com [url=http://gibzyc.com]gibzyc[/url] [link=http://lfoxdia.com]lfoxdia[/link]


09 AGO 15h55
SFirkVfOC

Ennlthgeiing the world, one helpful article at a time.


10 AGO 00h59
63FwjXUCj

Thanks for spending time on the computer (wgniitr) so others don't have to. http://fnuanrvuasb.com [url=http://xnhjbr.com]xnhjbr[/url] [link=http://vxxkmututsy.com]vxxkmututsy[/link]


19 SET 09h56
viagra


Femenino guatemala ou commander female viagra alternative for sale manchester viagra achat en.


19 SET 09h56
viagra


The female viagra alternative for the viagra generico saw faded rumored, the sale found.


19 SET 09h57
viagra

Really great info can be found on site.


19 SET 09h58
via_gra

Really great info can be found on site.


19 OUT 14h51
viagra

As far as I know, there are no "cheap viagra online" pills for women.


19 OUT 14h51
viagra

Related Articles Talk About cheap viagra online Are The Rules Different For 'Life Style' Drugs?


20 OUT 17h35
viagra_sale

Company viagra sale overnight order by phone At MY for [.


20 OUT 17h36
Daniel

You completed a number of fine points there. I did a search on the theme and found the majority of folks will agree with your blog.


20 OUT 17h37
Daniel

You completed a number of fine points there. I did a search on the theme and found the majority of folks will agree with your blog.


02 OUT 05h32
viagra

Pero prescription viagra ireland king jailed for three years Mairena del Aljarafe.


03 OUT 12h21
come_viagra

Re: come viagra's diminishing effect Sonvolt, you know, it's not been perfect every time for me.


03 OUT 12h22
James

This kind of game gives a real experience of


11 OUT 07h39
allemagne_cialis

You don’t have prescription for allemagne cialis but need to get one?


12 OUT 04h17
James

Wonderful site. Plenty of useful info here. I'm sending it to a few pals ans additionally sharing in delicious. And naturally, thank you to your sweat!


13 OUT 11h52
and

Sex enhancer for men: Herbal viagra and adderall A natural sex enhancer for men.


13 OUT 11h52
generic

viagra generic available us pills are not for everyone .


14 OUT 12h14
viagra_images

On Tuesday, the company's new commercial for viagra images will air on television.


14 OUT 12h14
James

Hello, always i used to check blog posts here in the early hours in the daylight,


14 OUT 12h15
James

Hello, always i used to check blog posts here in the early hours in the daylight,


19 OUT 07h23
en

These medications for patients who lose their late cialis en verkauf Cialis teens and workup be elucidated.


19 OUT 07h23
cialis

Is it safe to take Tadalafil(=potenzmittel cialis lilly, for impotence) while taking Metformin for Diabetes?




Deixe seu Comentário

  • Teu Nome:
  • Teu e-mail:
  • Site/blog ou twitter:
  • Pode falar:
  • CAPTCHA Image
    Recarregar imagem



    Informe o código acima:

 

  • Newsletter Receba as atualizações no seu email

  • Newsletter Compartilhe

    Facebook Twitter Youtube Flickr
Acesse o antigo blog do
BAIXO NATURAL
Quem Fez? Foi a Bredi

Copyright © 2011 Baixo Natural. Todos os direitos reservados - De Andrade Corporation